O fim do suporte ao Windows 7 está previsto para janeiro de 2020, mesmo depois desta data é bem provável que muitos usuários executem o sistema ainda, já que ele tem participação de 25% no mercado.

Apesar da falta de atualizações no Windows 7, o sistema ainda pode ser bem protegido por softwares de segurança atualizado.

E se você pensou no antivírus Microsoft Security Essentials, pode tirar seu cavalinho da chuva, pois esse serviço gratuito para Windows 7 deixará de proteger o sistema a partir de 14 de janeiro.

O Microsoft Security Essentials basicamente se tornou o Windows Defender, que é bem mais avançado com mais recursos e vem pré-instalado no Windows 8.1 e Windows 10.

A Microsoft não fornece muitas informações acerca do futuro do Microsoft Security Essentials no Windows 7, mas deixou bem claro em um artigo de suporte, que o antivírus gratuito deixará de proteger o Windows 7 no fim do suporte do sistema.

“Não, seu computador com Windows 7 não é protegido pelo MSE após 14 de janeiro de 2020. O MSE é exclusivo do Windows 7 e segue as mesmas datas do ciclo de vida para suporte”, afirma a Microsoft.

Mesmo que o fim chegue para Microsoft Security Essentials, os usuários do Windows 7 poderão contar com antivírus gratuitos como o Avast Antivírus, que estenderá seu suporte ao Windows 7 por mais algum tempo.

Se você não quer ficar exposto às ameaças depois do fim do suporte do Windows 7 e do Microsoft Essentials, uma boa opção é migrar para o Windows 10 que além de possuir mais recursos, vem com um antivírus gratuito e bem mais poderoso, o Windows Defender pré-instalado.

Deixe uma resposta