A Huawei lançou o primeiro chipset integrado 5G do mundo, o HiSilicon Kirin 990 SoC na IFA 2019 em Berlim.

Comparando o novo chip com o modelo anterior, o Kirin 980, o novo Kirin 990 apresenta uma GPU e NPU (Unidade de Processamento Neural) atualizadas, o que garante melhor desempenho. Além de ser melhor que o Kirin 980, o mais recente chip integrado 5G da Huawei oferece um desempenho de núcleo único 10% mais alto e 9% mais alto que o Snapdragon 855. O processador é 26% menor que o Snapdragon 855 da Qualcomm e 36% menor do que o Exynos 9820 da Samsung. Além disso, o Kirin 990 de 7nm é o primeiro chip do mundo a ter mais de 10,3 bilhões de transistores.

Embora o processador Kirin mais recente seja fornecido com o 5G integrado, ele será tão eficiente quanto o chipset Kirin 980 de última geração, graças ao algoritmo aprimorado de IA.

Você também poderá renderizar vídeos em tempo real com base na nova segmentação de várias instâncias em tempo real com facilidade. A gravação de vídeos HDR de 8K a 30fps é outra adição bem-vinda ao mais recente chip da Huawei. O chip será igualmente bom para os fotógrafos, pois possui o algoritmo de filtragem Block Match 3D (BM3D), que oferece redução de ruído de imagem no nível DSLR.

Para lidar com a conectividade Bluetooth, aplicativos de energia ultra baixa e decodificação de áudio, o Kirin 990 contará com o novo co-processador Kirin A1. Também vale a pena mencionar que também há uma variante 4G do processador Kirin 990.

O Kirin 990 chegará ao mercado em outubro e vai compor o Huawei Mate 30 e Mate 30 Pro além do smartphone dobrável da Huawei, o  Huawei Mate X.

via: 9to5GoogleGsmarena

Deixe uma resposta