Hoje 46 aplicativos do desenvolvedor chinês DO Global foram removidos da Google Play Store, de acordo com um relatório do BuzzFeed. Os aplicativos foram listados com diferentes editores, mas todos foram desenvolvidos pela mesma empresa reunindo milhões de downloads na plataforma.

A remoção desses aplicativos vem após o BuzzFeed e a Check Point Research, revelarem que a empresa chinesa estava usando táticas de propaganda fraudulentas em muitos de seus aplicativos. Especificamente, esses aplicativos acionavam intencionalmente cliques falsos em banners de publicidade dentro do aplicativo, como se o usuário tivesse realmente clicado neles. Os anúncios são a fonte mais comum de receita para muitos aplicativos, o que explica por que as empresas recorrem a esse tipo de estratégia.

Essas táticas fraudulentas foram descobertas em apenas seis aplicativos, mas a investigação do próprio Google marcou a maioria deles para remoção. Além dessas práticas de anúncios, os aplicativos eram listados com nomes genéricos para editores e até hospedavam suas políticas de privacidade no Tumblr sem mencionar quem é o proprietário do aplicativo. Uma fonte próxima ao assunto diz que a empresa estará removendo mais aplicativos da DO Global, com a intenção de proibir completamente o desenvolvedor. Antes das remoções de hoje, havia mais de 100 aplicativos da DO Global na Play Store, reunindo coletivamente mais de 600 milhões de instalações.

Embora a DO Global possa não ser um nome familiar para a maioria das pessoas, a empresa é em parte de propriedade da Baidu e na verdade se desmembrou no ano passado. De vez em quando, o Google remove aplicativos que violam suas políticas da Play Store, e isso é apenas mais um dos casos. 

Via: Neowin

Deixe uma resposta