O Google removeu 13 jogos da Google Play Store depois que o pesquisador de segurança da ESET, Lukas Stefanko, descobriu que os aplicativos estavam instalando malwares em dispositivos Android. Em um tweet que ele postou no fim de semana, Stefanko revelou detalhes sobre esses aplicativos. Os 13 aplicativos foram instalados mais de 580.000 vezes, e dois deles eram populares na plataforma.

Aqueles que instalaram os aplicativos achavam que estavam carregando jogos. Os aplicativos falharam todas as vezes que foram abertos. Embora não esteja claro quais danos o malware foi projetado para fazer, ele é iniciado toda vez que o dispositivo host inicializa. O malware tem “acesso total” ao tráfego de rede do dispositivo com o aplicativo instalado, permitindo que ele roube segredos pessoais de dispositivos Android.

Todos os jogos estavam listados pelo mesmo desenvolvedor, Luiz O Pinto, o pesquisador Stefanko foi capaz de rastrear o domínio que espalhou o malware para um desenvolvedor em Istambul chamado Mert Ozek.

No ano passado, o Google removeu 700.000 aplicativos maliciosos da Google Play Store. Embora isso pareça bom, seria ainda melhor se o Google pudesse criar uma maneira de manter os aplicativos maliciosos fora da Play Store. Até que isso aconteça, os usuários do Android provavelmente precisarão suspeitar de aplicativos oferecidos por desenvolvedores desconhecidos.

VIA: Phone Arena

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*