Fortnite: Predadores sexuais estão seduzindo crianças através do jogo

1

A polícia de Montreal no Canadá emitiu um alerta para os pais, para se atentarem mais aos seus filhos, depois de 4 casos de sextortion (chantagem sexual) serem denunciados.

Em entrevista ao site Radio-Canada o Sargento Jean-Luc Tremblay, da polícia de Richelieu Saint-Laurent, disse que quatro casos de sextortion ligados ao jogo Fortnite foram relatados nas últimas semanas.

Em três desses casos, menores foram ameaçados e, em um deles, a vítima enviou fotos pessoais para o predador virtual.

O Sargento Jean-Luc Tremblay, disse que os predadores virtuais tentaram se infiltrar em grupos de amigos, oferecendo benefícios no jogo em troca de fotos reveladoras.

As trocas das fotos íntimas eram feitas pela rede social Instagram.

Depois que uma das vítimas enviou fotos íntimas, o predador virtual ameaçou compartilhar as imagens, a menos que o adolescente enviasse fotos ainda mais íntimas.

Fortnite se tornou o jogo mais popular de 2018 batendo várias vezes quantidades enorme de jogadores simultâneos em seus servidores, o seu famoso modo Battle Royale e suas danças divertidas que são repetidas pelos jogadores em todo viralizou, não é atoa que o jogo está entre os 10 mais jogados do mundo.

Com todo esse sucesso Fortnite se tornou a fonte de um esquema para fazer adolescentes enviar fotos pessoais para predadores virtuais.

A polícia de Montreal está trabalhando com conselhos escolares na área para divulgar informações sobre o sextortion.

“[A polícia] nos comunicou pedindo que transmitíssemos um comunicado para informar os pais e ajudá-los”, disse Lynne Arcand, administradora da Comissão Scolaire des Patriotes, uma escola de francês que representa mais de 30 mil estudantes na costa sul de Montreal.

Arcand acrescentou que o conselho escolar trabalha regularmente para aumentar a conscientização sobre a segurança nas mídias sociais.

“Nosso papel é educar as crianças, para que possam adotar bons comportamentos nas mídias sociais. Não compartilhar suas senhas e ser vigilantes com quem estão conversando”, disse ela.

Então pais fiquem atentos e monitorem mais seus filhos, crie um dialogo acerca desse problema para que eles possam prevenir possíveis ataques de predadores virtuais.

Fonte: Radio-Canada

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*