EUA decide limitar exportações de inteligência artificial

0

O governo dos EUA tomou a decisão de limitar as exportações de software de inteligência artificial, a ação é uma tentativa de mantê-lo fora do alcance de países como Rússia e China. Com as novas restrições, que entram em vigor na segunda-feira, as empresas que exportam software de imagens geoespaciais do país precisarão adquirir uma licença. A única vez em que uma licença não será necessária é se o software estiver sendo exportado para o Canadá.

O Departamento de Comércio foi responsável por desenvolver um sistema para limitar as exportações de software de IA após a aprovação da Lei de Reforma do Controle de Exportação em 2018. A lei exigia que o Departamento de Comércio aumentasse os controles de software sensível que poderia ser usado por países como a China por razões referentes à economia e segurança.

James Lewis, do Center for Strategic and International Studies, disse à Reuters que o setor provavelmente ficará aliviado pelas restrições bastante restritas que lhes são impostas porque temiam uma repressão mais ampla às exportações de software e hardware.

Embora a indústria esteja satisfeita com o escopo restrito das regras, os políticos manifestaram preocupação com a lenta implantação dos controles de exportação, com o líder da minoria do Senado, Chuck Schumer, dizendo que esses controles são “do interesse da segurança nacional dos Estados Unidos”.

Fonte: Reuters Via: Neowin

Deixe uma resposta