Recentemente houve muitos contratempos antitruste no mundo da tecnologia, seja devido à pouca proteção de dados de usuários privados ou práticas anticompetitivas, que resultaram em investigações e multas que aparecem periodicamente. Agora, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos está abrindo outra investigação, mas esta é mais profunda do as anteriores.

O The Wall Street Journal relatou que o Departamento estará conduzindo uma análise das maiores empresas de tecnologia, incluindo Facebook, Google, Amazon e Apple. A revisão pode resultar em multas e medidas adicionais contra essas empresas, além das conseqüências das investigações da Comissão Federal de Comércio.

Mesmo que a meta do Departamento de Justiça não é completamente clara, essa será mais uma revisão geral para encontrar qualquer problema que possa ser abordado. O Departamento estará analisando como essas empresas cresceram e se expandiram em negócios adicionais. Além disso, a investigação não será apenas sobre possíveis questões antitruste. Autoridades disseram que estarão prestando atenção a quaisquer práticas que possam entrar em conflito com outras leis, potencialmente resultando em ainda mais penalidades para essas empresas.

Makan Delrahim, chefe antitruste do Departamento de Justiça, disse:

“Sem a disciplina da competição significativa baseada no mercado, as plataformas digitais podem agir de maneiras que não respondem às demandas do consumidor (…). A revisão antitruste do departamento irá explorar essas questões importantes ”.

As grandes empresas de tecnologia têm estado na mira de muitos políticos ultimamente. Alguns candidatos democratas pediram que as empresas sejam divididas, e o presidente Donald Trump sugeriu a possibilidade de processá-las por um possível viés anticonservativo. 

Deixe uma resposta