O cosplayer Michael Giordano Martins Pinheiros, 34 anos, disse ter passado por momentos de terror na Brasil Game Show 2019 (BGS), a maior feira de games da América Latina.

Michael sempre participou de eventos como a BGS, ele faz cosplays ha 12 anos, normalmente ele gosta representar o cosplay do Coringa, que foi o personagem que ele escolheu para essa edição da BGS 2019.

O cosplayer disse que precisou retocar a maquiagem do personagem no carro, antes de sair do evento, ele se certificou com um segurança se poderia voltar, caso saísse, o segurança liberou a saída de Michael. Após retornar, Michael disse que os seguranças não deixaram ele entrar mais, alegando que o QR Code só funcionava uma vez. Após insistir, Michael conseguiu falar com um organizador do evento, em meio a confusão, dois seguranças falaram que ele não iria mais entrar, aplicando um mata leão e arrastando Michael para uma sala.

A vítima disse que já foi sendo agredido a partir do momento que começou a ser arrastado, chegando na sala, ele afirma ter sido agredido por cerca de 40 minutos. Michael afirmou ter sido agredido de várias formas pelos seguranças na sala, além de socos e chutes, eles queimaram cigarros na pele dele, jogaram bebida e até ameaçou estuprar a vítima.

Via perfil de Michael no Facebook

A vítima teve uma costela fraturada além de nove trincadas que resultaram na perfuração de um de seus pulmões, segundo a vítima. Os seguranças o botaram de pé, mesmo sem forças e ferido, e fez ele ir até o carro escoltado dizendo: “sem fazer showzinho”.

Devido aos ferimentos Michael ficou internado no hospital de domingo, dia da agressão, até terça-feira, dia 15. O cosplayer deu entrada no boletim de ocorrência nesta quarta-feira, dia 16, de lesão corporal e roubo de alguns de seus pertences no 74° DP de Parada de Taipas.

Após postar alguns fotos em seu perfil no Facebook, Michael foi acusado de se estar vitimizando, o cosplayer postou um vídeo para contar melhor a situação, pois de acordo com ele, muitos ainda não haviam percebido a gravidade desse fato que ocorreu, no vídeo ele parece ainda estar meio chocado coma situação. O vídeo pode ser visto a seguir:

Até o momento nenhum responsável pela BGS 2019 se pronunciou sobre as acusações.

Deixe uma resposta