Muitos usuários do Windows Phone estão familiarizados com o aplicativo do YouTube de terceiros, o MetroTube, desenvolvido e publicado pela Lazyworm Apps.

A empresa de desenvolvimento, Lazyworm Apps, fornece soluções de desenvolvimento de aplicativos para empresas em todo o mundo, que atende clientes como a Adduplex.

Hoje cedo, foram divulgadas notícias de algumas das vítimas atingidas no recente ataque terrorista em Christchurch, Nova Zelândia, que atingiu as mesquitas na área. Uma das vítimas, Atta Elayyan, era CEO da empresa por trás do MetroTube e da Lazyworm Apps, LWA Solutions. Atta era um fanático do Windows Phone, sempre se dedicou a plataforma criando aplicativos estilo metrô.

Com 33 anos, Atta não era apenas proeminente no mundo da tecnologia, mas também no esporte. Ele era goleiro para das equipes de futsal masculinas nacionais e de Canterbury. Na época, Atta estava rezando em uma mesquita, quando foi baleado pelo atirador durante o ataque terrorista, relatou o site Stuff.

Um dos ex-diretores regionais da Microsoft, Keith Patton, twittou sobre a perda após o anúncio, tomando nota das principais contribuições de Atta para a plataforma Windows Phone.

Após o ataque, a Nova Zelândia está proibindo armas semi-automáticas, enquanto países do mundo todo condenaram o ataque. O ministro do Interior do Reino Unido, Sajid Javid, alertou gigantes da tecnologia, como o Facebook e o Google, que precisam fazer mais para evitar que conteúdo nocivo seja hospedado em suas plataformas depois que o terrorista transmitiu o ataque no Facebook usando uma câmera equipada na cabeça.

A LWA Solutions ainda não divulgou uma declaração após a perda de Atta Elayyan.

Deixe seu comentário: