Olá senhores gamers, este artigo é só para lembrar a você do tanto de dinheiro e tempo que você investe em seus PCs, consoles, jogos para no final das contas ser desrespeitado e agredido verbalmente em partidas onlines, sem falar dos variados xingamentos direcionados para suas mães, pais, enfim.

Gastamos dinheiro comprando o jogo, skins, DLCs, pacotes promocionais, entre outras coisas que no final das contas só da retorno para a desenvolvedora, enquanto você tenta dezenas de vezes encontrar uma partida em que pelo menos não tenha nenhum jogador tentando estraga-la, simplesmente porque não quer jogar.

Um exemplo que posso citar aqui foi um fato ocorrido no dia 22 de junho em que o jogador “MEXECOMIGO” simplesmente ligou o PC para se divertir jogando League of Legends (nem preciso citar o nível de pessoas tóxicas nesse game), se deparando com um jogador aliado que não sabia jogar da devida forma para participar de partidas ranqueadas, o cara tomou uma pressão no inicio do game e começou a agredi-lo verbalmente. Abaixo segue os prints dos xingamentos:

O jogador por traz da Ashe agride o jogador “MEXECOMIGO” que controla o Vel´Koz na Partida.
O jogador por traz do Veigar se revolta com situação.

Não importa a sua cor se você é pardo, branco, amarelo, isso não deveria acontecer pelo seu investimento de tempo e dinheiro, por sua saúde mental, querendo ou não os games são o refúgio de muitas pessoas em momentos difíceis, assim como livros, religiões, esportes, atitudes como a desse jogador nos prints acima acabam frustando muitas pessoas.

Seu objetivo quando liga um console ou PC é se divertir, viver outra vida, explorar o irreal, bater objetivos, mas isso muitas vezes é ofuscado por parte da comunidade que é tóxica nos vários jogos existentes.

Isso acontece em jogos como Free Fire, CS:GO, PUBG e em qualquer outro jogo em que os jogadores tem a oportunidade de se comunicar com o outro por voz ou por chat, com certeza alguns de vocês já puderam presenciar ou até mesmo já sofreu esses tipos de agressões verbais.

Todos os anos muitas empresas como a RIOT GAMES anunciam mudanças nas punições contra jogadores tóxicos, porém, nunca conseguimos enxergar essas punições, e mesmo que aconteça essas mudanças não trazem o impacto necessário para tornar o game satisfatório.

Cabe a cada jogador também fazer sua parte nos games, se conscientizando de que praticar esses tipos de banalidades nunca vão faze-lo progredir nos games, nesse caso ocorre o contrário. Jogadores pacíficos tem maior possibilidades de se sair bem em jogos, principalmente em partidas ranqueadas, sejam elas no LOL, PUBG entre outros.

Ligar seu dispositivo para jogar agredindo outros players só vai lhe trazer mais stress.

Sabemos também que os jogos são o alvo de predadores sexuais que tentam a todos custo conseguir conteúdo sexual de menores em troca de favores ou chantagem, temos também os cheaters que são um dos maiores degradadores dos jogos atualmente que usam recursos para trapacear nos jogos, trazendo grandes prejuízos para desenvolvedores e jogadores, um jogo que podemos citar que teve grandes prejuízos com cheaters foi o Apex Legends este ano, que está lutando arduamente para combater esses tipo de fraldes. Além desses riscos e transtornos temos ainda que lidar com jogadores que não respeitam seu parceiros de equipe e nem oponentes.

Diante de tudo isso não podemos duvidar de mais nada que possa acontecer, mas podemos se esforçar para fazer nossa parte e tornar nossas diversão nos games mais agradáveis, até porque não temos só decepções, podemos conseguir amizades para a vida inteira e momentos de felicidades nos games.

Se você já passou por algo parecido deixe sua opinião ou experiência nos comentários.

Deixe uma resposta